Os Blandy, enquanto ultima das famílias associadas á génese dos vinhos da Madeira que continua a gerir a empresa fundada pelo seu antepassado, são únicos no sector. Ao longo da história, a família desempenhou um papel de destaque no desenvolvimento do vinho Madeira, e hoje, continuam a habitar a ilha, dando continuidade a uma tradição familiar que remonta aos inícios de 1800; 2 séculos dedicados á excelência dos vinhos da Madeira.

johnblandy letterJohn Blandy, o fundador da Blandy’s Madeira chegou á ilha em 1808. Uma carta de introdução endereçada a Newton, Gordon & Murdoch, um dos mais prestigiados exportadores de vinho da ilha, onde se lia “Senhores! A pedido de amigo comum, Richard Fuller Esq, banqueiro nesta cidade, gostaríamos de recomendar-vos o Sr. John Blandy, que visita a ilha por motivos de saúde, e procura emprego … (…) Seríamos agradecidos por toda a ajuda que lhe derem, e desta forma recomendamo-lo á vossa atenção.” foi encontrada em 2006. Datada de 23 de Dezembro de 1807, a carta implica que John Blandy terá chegado á ilha em inícios de 1808.

Em 1811, acompanhado dos seus irmão Thomas e George, estabeleceu-se como exportador e negociante, e começou a escrever uma história, que viria a marcar toda a família, e também a própria ilha, através da produção de um vinho famoso e único no mundo - o vinho da Madeira. Rapidamente começaram a exportar vinho para os quatro cantos do mundo, para locais tão distantes como Rússia, Norte da Europa, Antilhas e continente Americano, e a empresa passou a importar também outros produtos de várias origens, alargando desta forma a sua actividade.

Sempre activo, John Blandy percorreu muitos países em vários continentes a vender vinho, incluindo a sua Inglaterra natal. Mas regressava sempre à Madeira, e foi ali que faleceu, com 72 anos de idade. Charles Ridpath Blandy, filho de John Blandy, deu continuidade ao negócio. Em 1852, durante a crise do Oídio, Charles teve a visão estratégica de adquirir uma significativa parcela dos stocks de vinhos velhos da ilha, assim salvaguardando o futuro da empresa enquanto exportador de vinhos finos. Foi também Charles quem adquiriu o edifício que alberga os “Blandy’s Wine Lodges” no Funchal- também conhecido como Adegas de São Francisco – em 1840.

Muitos se seguiram desde então, sempre com um mesmo objectivo comum –deixar a empresa mais forte do que a receberam para as gerações vindouras que a hão-de herdar. 

blandy ceos


acordo blandy symingtonA Blandy’s Madeira é uma empresa de gestão familiar com mais de 200 anos de experiência dos melhores Vinhos da Madeira, e prevalece totalmente dedicada à preservação das tradições de produção do Vinho da Madeira e à manutenção dos mais elevados padrões de rigor e qualidade.

Fundada por John Blandy – o patriarca do ramo Madeirense da família – em 1811, a Blandy’s Madeira é uma empresa de vinhos familiar. Ao longo de 200 anos, Blandy’s Madeira tem sido sinónimo de qualidade nos vinhos da Madeira.

Em 1952, a Blandy’s Madeira integrou a Madeira Wine Association, uma associação de diferentes exportadores formada com o intuito de maximizar a exposição global, e minimizar os encargos com os recursos humanos num mundo em que as exportações haviam atingido um mínimo histórico. Liderada pela família Blandy, esta associação foi das poucas que resistiu aos desafios.

Em 1989, e tendo por objectivo reforçar as vendas no mercado global, os Blandy propuseram parceria a uma outra família Anglo-Portuguesa, os Symington do Porto (Produtores de Vinho do Porto desde o sec. XIX), na recém criada Madeira Wine Company. A parceria dura até aos dias de hoje.

Em 2000, a Blandy’s Madeira liderou o sector ao apresentar um novo conceito de produto, um vinho de um ano específico de grande qualidade a um preço competitivo, a que se chamou “Colheita” – o “Blandy’s Harvest 1994”. Este foi o primeiro vinho da Madeira de uma só colheita lançado á excepção dos Frasqueira, limitados, raros e exclusivos. A reacção do mercado foi positiva, aclamando esta abordagem inovadora dos vinhos da Madeira. Desde então, muitos outros produtores replicaram a ideia e liderança da Blandy’s, dando assim origem a uma importante nova categoria de vinhos.

Chris and Michael BlandyEm Julho de 2002, a Blandy’s Madeira apresentou um novo conceito de produto com imagem radical – o Blandy’s Alvada. O vinho, produzido mediante combinação de duas castas diferentes em iguais proporções, era diferente de todos os vinhos até então comercializados, e apresenta um extraordinário equilíbrio da doçura da Malvasia com as notas mais secas do Bual. Uma vez mais, a Blandy’s desafiou as tradições e inovou.

Michael e Chris Blandy, membros da 6ª e 7ª gerações, continuam a trabalhar na companhia, que hoje é gerida por Chris Blandy, e é o mais destacado produtor mundial de vinhos da Madeira de categoria premium.

Hoje, a companhia continua a liderar o restabelecimento do vinho da Madeira entre os grandes vinhos do Mundo.