"Prova de 2007. Foram engarrafadas 2118 garrafas. Com esta idade o Madeira não só ganha mais cor como adquire notas muito rançosas e muito austeras que remetem para um universo mais misterioso de aromas, mais ambíguo mas também muito mais rico. Logo no ataque se nota que estamos perante um vinho velho de excelsa qualidade e a boca, com a sua subtileza, delicadeza e profusão de pequenos aromas, confirma-nos isso tudo. Um vinho de ir aos céus."
Blandy's?1920 - Bual"Prova de 2007. Foram engarrafadas 2118 garrafas. Com esta idade o Madeira não só ganha mais cor como adquire notas muito rançosas e muito austeras que remetem para um universo mais misterioso de aromas, mais ambíguo mas também muito mais rico. Logo no ataque se nota que estamos perante um vinho velho de excelsa qualidade e a boca, com a sua subtileza, delicadeza e profusão de pequenos aromas, confirma-nos isso tudo. Um vinho de ir aos céus."

João Paulo Martins, Vinhos de Portugal 2008, 11/2008